sábado, 21 de julho de 2012


FLORA PRA QUE TE QUERO (HOLAMBRA)

Crivar-me de magnólias,
de girassóis de artifício
ou fedegosos canteiros,
panóplia de buganvílias

ou mar de rosas dos ventos
(meu corpo obnubilado:
mandala de gozo e guenzo
da terra que se anuncia

à morte que incubo
e venço).