terça-feira, 21 de abril de 2009

PEDAGOGIA DO ABOIO

Bois espetaculares
em roletes perpétuos;
Dumbo voa e ornitorrincos
são plausíveis.

A propensão para a lama
do ser que ainda cora e declama
ao seu rebanho e o estouro de
uma manada em meu aboio.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

PEDAGOGIA

Te dopo e te educo
para que não esperdices
as incongruências;


para fodas alvissareiras
no interregno dos
estigmas;

para o sopro de dignidade
esfriando o prato de epítetos;

para que, insone, tripudies
sobre o éthos e
o êthos
da pecha.

domingo, 19 de abril de 2009

EXCESSO & ESTIOLAMENTO

Miro vazios e os admiro: golpes de ar
e focos de esquecimento. Escondo esta
língua de berço; recolho esta outra de
uso, e uma chave de ouro elimina o

efeito do sentido sobre o espírito
da coisa.

O gravador de primórdios
não registrou palavras, mas pinturas,
que as cordas vocais eram pincéis e
as telas nuas

a origem, o seminal
dos erros aos berros.

sábado, 18 de abril de 2009

ALCACHOFRA

Palavras: trepar em todas
e do alto de cada uma
abrir-se como a Alcachofra:

a forma do puro Avesso e

o puro avesso da Fôrma.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

PENUMBRA

Os bastidores, coxias
ou qualquer outro fetiche;
um dente extraído insiste

em doer como se existisse
em bocas fantosiosas
profundas como respostas

eternas e incoercíveis.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

IMAGEM E SEMELHANÇA

Poderiam estar
estuprando textos ou
ocultando cadáveres
mas estão fabricando
telhados e quejandos.

Poderiam estar
urubuzando, maldizendo
ou entrando em colapso
mas estão pescando livros
e navalhas.

Estão vomitando orvalho
(não sei se olores ou muralhas)
como putas de través ou
saltimbancos sem porquês

mas são bonzinhos
como o quê.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

MEU NOME É PEDRO DE LARA

Não estarei em meu juízo
quando pegar de um veículo
para visitar as súcubas e os
incubos

radicados nos pruridos
de antes de ontem.

Pretendo ignorar as placas
e perguntar ao guarda (lúcido
indivíduo): "com quantos paus
se faz um labirinto?" e

estraçalhar a juventude que
atravancar meu caminho.